4 de set de 2016

Gojira - Magma





Nota: 9,00

Uma das melhores bandas da nova geração, oriundos da França, o Gojira está na vanguarda do Heavy  Metal explorando nuances mais pesadas e imersas em grooves hipnotizantes, os flertes com a sonoridade Doom e toques tribais do Sepultura e do Soulfly sempre nortearam o som dos franceses que atingiram um grande grau de maturidade no novo trabalho.

Magma é um registro mais introspectivo e progressivo do quarteto, que apostou em paredes sonoras densas e harmonias de guitarras tétricas que casam perfeitamente com os andamentos diversificados da sessão rítmica, os grandes astros da banda são os irmão Duplantier, Joe, guitarra e vocal, e Mario Bateria, completam o time Jean-Michel Labadie no Baixo e Christian Andreu na guitarra.

A identidade forte e a sonoridade marcante destacam a personalidade do Gojira, The Shooting Star carrega toda a essência Doom grooveada,  com batidas certeiras da bateria de Mario, já Silvera, o primeiro single, é infestada das ótimas harmonias de guitarra que funcionam como solos, as influências de Max Cavalera falam alto nos vocais mais urrados de Joe.

Não espere muito virtuosismo e grandes destaques individuais por aqui, a força da massa sonora, o conceito de Wall Of Sound é amplamente explorado, tendo seu ápice na pesada e e carregada The Cell. A visita ao som do Pantera se dá em Stranded com efeitos de guitarras e muito groove logo de cara.

A breve  instrumental Yellow Stone serve como uma introdução para a empolgante Magma, uma daquelas músicas que grudam no subconsciente logo após a primeira audição, cadenciada e com vocais limpos evidencia as novas facetas do Gojira, um ponto forte do disco.

Quando nos aproximamos do fim ouvimos o Gojira impiedoso na pesada Pray, na qual o ótimo Mario Duplantier não deixa pedra sobre pedra com suas batidas precisas, acompanhado do baixo lotado de efeitos e groove de Jean-Michel, Only Pain é moderna e indica os passos da nova safra do Heavy Metal, com uma dose esperta de complexidade e guitarras sendo usadas de maneira bem diferente do que se ouve por ai.

Low Lands segue a linha da faixa titulo  e Liberation é um instrumental acústica guiada a violão e percussão.

Se você procura um disco de Heavy Metal atualizado e conectado com as tendências mais recentes da música pesada, Magma é um prato cheio.

Magma (2016)




A Banda

Joe Duplantier (Guitarra e Vocal)
Mario Duplantier (Bateria)
Jean-Michel Labadie (Baixo)
Christian Andreu (Guitarra)

Postar um comentário