5 de jan de 2016

Os 20 maiores campeões do UFC




Estamos perto do UFC 200, um marco histórico para a maior e mais importante organização de Vale Tudo/MMA do mundo, a edição é emblemática e tende a ser histórica. 

(Vale lembrar que a numeração leva em conta os eventos grandes, as edições como UFC ON FOX, UFC Fight Night e TUF Finale não contam uma vez que foram criados graças ao crescimento do plantel de lutadores que precisam estar em atividade.) 

Para comemorar esse marco, elaborei a lista com os 20 maiores campeões do UFC desde sua criação em 1994 por Rorion Gracie até o inicio de 2016 com a última defesa de cinturão de Robbie Lawler na edição 195.

Os critérios que utilizei levam em conta aspectos técnicos, legado para a modalidade e os combates em si, ressalto que os campeões dos antigos torneios foram incluídos na lista.


#20 - Frank Shamrock  (Peso Médio)



Vindo do Pancrease Japonês, o caçula dos Shamrock (irmão de criação de Ken) assombrou o fim dos anos 90 com um estilo refinado que combinava boa trocação, quedas plásticas e um jogo afiado no chão. 


#19 - Murilo Bustamante  (Peso Médio)  



O pupilo de Carlson Gracie e fundador da Brazilian Top Team é um dos maiores lutadores da história do Vale Tudo/MMA, dotado de um Jiu Jitsu fino e eficiente combinado com um boxe solto e preciso, Bustamante defendeu seu cinturão contra Matt Lindland, medalhista olímpico, e teve que finaliza-lo duas vezes graças a um erro do árbitro. Se não fosse para o Pride em 2002 seria um dos maiores campeões pesos médios da história do UFC.


#18- Mark Coleman (Peso Pesado)



Quando se fala em supremacia dos Wrestlers, ground and pound o primeiro nome dessa era é Mark Coleman, postulante a atleta olímpico, o Wrestler se consagrou e assombrou o Vale Tudo que era dominado pelo Jiu Jitsu, fisicamente muito forte, veloz e com um jogo de quedas excelentes, Coleman se consagrou campeão em uma época selvagem com poucas regras.


#17 - Frank Mir (Peso Pesado)



Não existe lutador que mais quebrou e apagou oponentes em suas finalizações do que Frank Mir, Roberto Traven, Tim Sylvia, Anthony Hardonk,Cheick Congo,  Rodrigo Minotauro que o digam. Mir tomou o cinturão de Sylvia em 2004, sofreu um acidente de moto e quase morreu, voltou e aos poucos chegou ao topo ao vencer Minotauro e levar o cinturão interno dos pesos pesados em 2008.


#16 -Fabricio Werdum (Peso Pesado)



Werdum é uma lenda dos pesos pesados, venceu Fedor Emelianenko no Strikeforce, Bateu Rodrigo Minotauro , ganhou o cinturão interino contra Mark Hunt e principalmente, deu uma senhora surra em Cain Velasquez em Junho de 2015 com esse retrospecto, o Vai Cavalo já se consolidou, veremos se consegue emplacar mais defesas da cinta.



#15 - Ronda Rousey (Peso pena feminino)



Ronda Rousey abriu o mercado para o MMA feminino, a Judoca atropelou adversárias e finalizou suas oponentes sem grandes esforços, utilizando a combinação de bonitas quedas com chaves de braço, e posteriormente com nocautes. Até Holly Holm aparecer e destronar a então invicta campeã. Mesmo com a derrota, Ronda é um marco do MMA.



#14 - Chris Weidman (Peso Médio)



Weidman sempre foi visto como uma promessa do UFC até enfrentar e vencer Anderson Silva por duas vezes, ao chocar o mundo, o All American, ainda derrotou Lyoto Machida e Vitor Belfort defendendo seu cinturão por 3 vezes. Apesar da recente derrota para Luke Rockhold, Weidman ainda tem muito para mostrar, habilidoso, raçudo e persistente, o Wrestler pode voltar ao ouro no futuro.


#13 - Tito Ortiz (Peso Meio Pesado)




Ele foi durante muitos anos o pôster boy do UFC, ao fomentar uma rivalidade com Chuck Liddel, Ortiz vendeu muito bem o MMA e fez a modalidade viável nos Estados Unidos, lembrando que na época o Pride dominava amplamente. Tito marcou toda uma geração e defendeu seu cinturão com muita pompa e estilo.


#12 - Marco Ruas (Sem categoria de Peso)



Ruas criou o que conhecemos de MMA, ao combinar socos, chutes, com quedas e finalizações, Marco varreu o mundo do Vale Tudo mostrando versatilidade e inteligência, venceu o torneio no UFC 7, e se consagrou.


#11 - Vitor Belfort ( Peso Pesado e Meio Pesado)


Vitor Belfort despontou muito cedo, e aos 19 anos já ganharia o mundo sagrando-se campeão peso pesado do UFC. Pupilo de Carlson Gracie ficou marcado pelos punhos rápidos e sua incrível capacidade de nocautear oponentes. Ainda ganhou o título dos Meio Pesados em 2004, ainda na ativa, o Fenômeno está em boa forma, é o lutador com maior número de nocautes na história do UFC.



#10 - Robbie Lawler (Peso Meio Médio)



Lawler é o maior exemplo de redenção dentro do MMA, estreou no UFC com 21 anos em 2002, foi considerado promessa até ser assombrado por lesões e uma fase irregular durante alguns anosno Strikeforce. Ao retornar ao UFC usou seus punhos pesados e golpes explosivos para se consagrar campeão dos pesos meio médios. Lawler é a prova de que nada é impossível.



#9 - BJ Penn (Peso Leve)



BJ Penn poderia estar facilmente no top 5 se fosse além de um guerreiro, atleta exemplar, talento, fúria e precisão nunca lhe faltaram, mas uma certa displicência com a parte física custou ao Prodigio algumas derrotas. Porém seu legado e talento são indiscutíveis, Jiu Jitsu fino e um boxe invejável.Foi campeão nos pesos meio médio e leve.


#8- Chuck Liddel (Peso Meio Pesado)



O Iceman fez história quando o UFC ainda penava com a concorrência pesada do Pride, Chuck foi o símbolo no MMA americano e virou referência pelo seu jogo de trocação afiado e golpes certeiros, além de ser difícil de ser derrubado. Liddel sempre será um ícone do UFC.


#7- Randy Couture (Peso Meio Pesado e Peso Pesado)


A história de Randy Costure é curiosa, começou no Vale Tudo aos 34 anos e ao bater o então favorito Vitor Belfort de 19, se consagrou ganhando o título dos pesados pela primeira vez. Wrestler clássico e estrategista Couture marcou época e acumulou vitórias sendo campeão mais duas vezes no peso pesado e uma vez no peso meio pesado. Mais um símbolo do MMA americano.


#6 - Matt Hughes (Peso meio médio)




O primeiro campeão do UFC a estabelecer, de fato, uma dinastia, com cinco defesas de cinturão calcado em um jogo pragmático, Hughes é um wrestler clássico que aos poucos foi evoluindo e incorporou um razoável jogo de chão. Entretanto sua maior qualidade foi a vontade inabalável.


#5 - Royce Gracie (Sem categoria de Peso)



Royce representou a dinastia Gracie para provar a eficiência do Jiu Jitsu e sua função vital em um combate de poucas regras. Vencedor das edições 1,2 e 4 Royce é o lutador mais importante da história do Vale Tudo dos anos 90 em diante.


#4 - José Aldo (Peso Pena)




Um dos maiores nomes do MMA mundial, José Aldo ficou 10 anos sem perder um combate e desde que conquistou o cinturão do WEC (evento o qual o UFC comprou e anexou) foi limpando a categoria e estendeu seu reinado até dezembro quando perdeu para Connor McGregor. Aldo devastou uma categoria inteira com suas combinações e jogo completo, agora busca redenção.


#3 - Georges St Pierre (Peso Meio Médio)



O Canadense foi chamado de amarrão e já angariava uma legião de detratores antes de se aposentar, mas é inegável a eficiência de St Pierre, 8 defesas e sempre dominante, ele conseguia mesclar Boxe, Westling, Karate, Jiu Jitsu como poucos, fazendo de seu jogo um dos mais completos do MMA.



#2 - Jon Jones (Peso Meio Pesado)



Jon Jones varreu a divisão dos meio pesados, bateu Shogun, Rampage, Machida, Rashad Evans, Gustafson, Cormier, Ryan Bader, Vitor Belfort e só perdeu para si mesmo se afundando em vícios e outras presepadas. O melhor wrestler do UFC continua imbatível e promete voltar ao topo. De qualquer forma, dificilmente alguém repetirá seus feitos.



#1 - Anderson Silva (Peso Médio)



O mais talentoso lutador do MMA, o Spider levou o esporte a outro nível com 10 defesas consecutivas, nocautes espetaculares e finalizações improváveis fazem dele o maior de todos os tempos, além do título dos pesos médios, Anderson fez 3 lutas na categoria dos Meio Pesados e venceu as 3 por nocaute, com menção honrosa a surra humilhante em Forrest Griffin (ex-campeão Meio Pesado do UFC), em sua melhor apresentação da carreira.

Para quem quiser saber mais sobre os campeões do UFC, clique neste artigo da wikipedia, excelente por sinal


Postar um comentário