28 de mar de 2013

UFC 158 - St Pierre anula Nick Diaz

Após merecidas férias, o Its Electric voltou, estava devendo os resultados dos palpites do UFC 158, que marcou o duelo entre George ST Pierre e Nick Diaz no card principal, e para variar o canadense anulou mais um desafiante, com precisão, técnica e estratégia GSP não deu chances ao adversário.

Em um combate de 5 rounds, o canadense conduziu a luta como quis, e utilizou todo seu conhecimento técnico para minar e frustrar Nick Diaz, que só o terceiro round conseguiu bons golpes que chegaram a abalar o campeão, que prontamente se recuperou e voltou a controlar as ações.

GSP conseguiu aliar jabs, chutes, wrestling e transições do Jiu Jitsu, essa combinação garantiu a décima primeira vitória consecutiva dentro do UFC, mesmo criticado o canadense vem mostrando eficiência e controle total de seus combates.




No co main event Johnny Hendricks fez um lutaço contra Carlos Condit, o vencedor iria encarar o vencedor de St Pierre e Nick Diaz, e para variar Hendricks veio para vencer, pressionando Condit, partindo para dentro com golpes violentos e seu wrestling de alto nível. Derrubando o ex campeão interino diversas vezes.

Condit ficou visivelmente surpreso com a ofensiva do oponente, e só conseguiu se encontrar no último round quando acertou bons golpes que abalaram o barbudo.  Mas  Hendrucks segurou a pressão e manteve Condit pregado no chão. Garantindo a vitória e cravando a disputa do cinturão contra o Georges St Pierre.



Resultado dos palpites: 2 Erros ( Ricci e Carmozi )  3 Acertos (Ellenberger, Hendricks e St Pierre)
Placar Geral: 20 Acertos e 16 Erros =  55,5% de Acerto

15 de mar de 2013

Palpites UFC 158 - St Pierre x Diaz



O UFC vai a Quebec no Canadá para assistir o herói local, astro do UFC Georges St Pierre encarar Nick Diaz valendo o cinturão dos Meio Médios, em uma luta com clima quente, muita provocação e claro promessa de um combate duro, Diaz tenta quebrar a hegemonia do canadense que é apontado como favorito!

Sendo assim, vamos aos palpites do card principal do evento, que promete lutas equilibradas!

Mike Ricci (7-3-0) x Colin Fletcher (8-2-0)e

Luta equilibrada, mas pouco expressiva, Fletcher tem uma boa envergadura e pode complicar.

Palpite: Fletcher vence.

Chris Camozzi (18-5-0) x Nick Ring (13-1-0)

Nick Ring luta em casa, mas enfrenta Chirs Camozzi, que vem embalado de algumas boas vitórias, uma luta do pelotão debaixo dos pesos médios, acredito que o americano é mais consistente e se manter a luta em pé tem grandes chances de vencer. luta complicada, Ring é mais consistente mas precisa de lutas mais expressivas.  Palpite: Nick Ring vence.


Jake Ellenberger (28-6-0) x Nate Marquardt (32-11-2)

  
Um ótimo combate nos meio médios, Marquardt é experiente, bom em pé e bem versado no chão, e já enfrentou a elite do MMA, Ellenberger tem um jogo sólido com uma boa base de Wrestling,e bons overhands o que pode complicar, um combate durissímo. Palpite: Ellenberger vence.

Carlos Condit (28-6-0) x Johny Hendricks (14-1-0)


 Na noite dos pesos meio médios, Condit e Hendricks vão disputar a chance pela luta do título, Condit se movimenta bem e é completo, bom em pé e no chão, com uma boa envergadura, Hendricks tem sua base no wrestling e uma mão muito pesada, ele vem nocauteando adversários ao longo da carreira. Mais uma luta difícil de opinar! Palpite: Hendricks vence.

Georges St-Pierre (23-2-0) x Nick Diaz (26-8-0)


Uma luta cercada de provocações e polêmicas, George St Pierre representa o atleta exemplar, Diaz, o Bad Boy controverso, em um combate que promete esquentar o Canadá veremos se toda a expectativa se corresponde, St Pierre pode se complicar com o boxe e a guarda de Diaz, que por sua vez, vai encarar um lutador completo que sabe usar suas habilidades para vencer qualquer um.
Palpite: St Pierre Vence



7 de mar de 2013

Um dia de Rei, O imperador Silva!


De tempos em tempos observamos nos esportes de combate grandes nomes uns pela técnica outros pela vontade de ser um grande nome do esporte, vamos falar hoje de um desses grandes campeões Wanderlei  Silva.

Um desses atletas que não tem grandes habilidades,  mas que transpira e luta como ninguém com seus punhos de aço e mente de titanio.

Nas lutas de nosso Wand não vemos nada de movimentos plásticos, mas observamos sim um furacão pronto para destruir o que vê pela frente.

Desde o fim do Espetacular Pride FC  no Japão o nosso Cachorro loco não vinha se apresentando bem, perdendo seu título do Pride para Dan henderson na edição em terras do Tio San, alternando lutas boas e ruins no UfC.

Pois bem, nesta madrugada, o bom filho a casa torna, em terras Japonesas com o UFC, O mister Pride vs o Soldado Americano. O que  prometia marretadas poderosas para todo lado.

E foi o que aconteceu, a pancadaria começou com tudo knockdow para os dois lados, e não foi um só,  uma verdadeira briga. Sobradando golpes e coragem para todos os lados, tudo empolgando o grande público no Saitama Super Arena. Tanto que valeu a luta da noite, engordando a conta bancária dos Lutadores!

Nessa adrenalina toda vimos ao final do combate Wanderlei Silva ao centro do octógono ovacionado pelo publico japonês como o Rei da terra do Sol nascente. O que rendeu ao brasileiro nocaute da noite, bem como aconteceu com Mark Hunt em outro grande combate.

Não sei nada sobre signos, sobre Feng-shui e outros assuntos esotéricos, mas sei que em solos onde os samurais derramaram muito sangue com suas laminas afiadas o nosso Wand derrubou os mais ferozes adversários coberto de uma áurea toda especial.

No Japão nem jon jones é páreo para o Wand

6 de mar de 2013

UFC ON FUEL TV 8 - O Japão tem um dono!



O UFC ON FUEL TV ocorreu no último sábado no Saitama Super Arena, antigo palco do PRIDE FC e em uma noite em que os fãs viram o MMA de alto nível de volta ao Japão pudemos presenciar combates interessantes, com um final espetacular!

Vitórias Tranquilas

No card principal tivemos bons combates como o do brasileiro Rani Yahya vencendo o lutador da casa Mizuto Hirota e o coreano Dong Hyung Kim batendo Siyar Bahadurzada , ambos vencedores usaram muito bem a luta agarrada e levaram a luta na decisão, com relativa sobra.

Rani sofreu mais no terceiro round quando Hirota dominou e até arriscou finalização no braço, muito bem defendida, mas no geral Yahya venceu bem os dois rounds anteriores e mereceu a vitória. Já Dong Hyun Kim não tomou conhecimento de Siayr e venceu facilmente, levando a luta para o chão e dominando completamente o afegão.


Resultados Polêmicos

Yushin Okami e Hector Lombardi fizeram uma luta movimentada e díficil de julgar, Okami anulou bem a explosão do cubano, porém Lombardi levou perigo e chegou a pressionar o japonês. O primeiro round foi muito equilibrado, Okami trabalhou a queda, e levou a luta para baixo, mas Lombard se recuperou e partia para o ataque. No segundo round, Okami colocou mais pressão, derrubou e controlou a luta deixando seu adversário claramente frustrado, uma vez que o mesmo não conseguia raspar. O terceiro round foi mais pegado, Lombard partiu para cima, soltando golpes chegou a balançar o japonês, que a todo instante tentava o clinch. A luta foi complicada e julgar, eu daria a vitória para Okami, entretanto houve controvérsia, tanto que a decisão foi dividia. Okami foi declarado o vencedor.

O mesmo filme se repetia, Diego Sanchez enfrentou a lenda do PRIDE Takanori Gomi, o combate tinha tudo para ser eletrizante, com Sanchez derrubando e Gomi golpeando, entretanto a luta foi morna, com poucos destaques como uma queda e um Leg Lock de Sanchez que foi defendida e algumas sequencias de Gomi que dominou o centro do octagon e foi mais agressivo, merecia a vitória. Entretanto Diego Sanchez venceu na decisão dividida dos juízes. Mas o próprio Dana White anotou no twitter vitória para o japonês!



Emoções dignas do PRIDE

O momento do nocaute!
Stevan Struve encarou o durísssimo ex campeão do K-1 Mark Hunt, os dois pesos pesados protagonizaram um duelo interessante, o Gigante Struve começou melhor, raspou e montou, chegando a castigar Hunt na posição, mas não conseguiu ajustar a posição para finalizar o combate, e desse momento em diante Hunt cresceu no combate. Perdendo o primeiro round, o Neo Zelandês partiu para cima, golpeando com suas mãos pesadas, Struve acusava os golpes e chegou a levar uma queda e teve sua guarda passada.
O último round mostrou Struve cansado, e mesmo com a diferença enorme de envergadura pouco aproveitou, Hunt esquivava e usava paradas de mão, encurtando e soltando golpes precisos, um direto enciaxou no queixo e implodiu o Holandês, que teve o maxilar fraturado. Hunt anota sua quarta vitória consecutiva no UFC.

Wanderlei e Stann troca franca!
Wanderlei Silva e Brian Stann também protagonizaram uma guerra, uma luta boa de assistir, entretenimento puro para os fãs, troca de golpes duríssimas, knockdowns, clinches e muita pancada! O main event levantou o Saitama Super Arena, e quando Wanderlei abriu o nariz de Brian Stann ainda no primeiro round ele iniciou sua vitória, já que mesmo sendo pressionado, segurou o ímpeto e levou a luta para o segundo round. Com jabs, ele foi acertando o nariz do americano, que já perdera potência, e com um cruzado e um direto, conseguiu o nocaute! Sensacional, Wanderlei Silva mostrou que o Japão tem um dono, e reviveu os bons tempos do PRIDE.

Resultado dos palpites: 3 Erros ( Okami, Hunt e Wanderlei SIlva)  3 Acertos (Rani Yahya, Don Hyung Kim e Diego Sanchez)
Placar Geral: 17 Acertos e 14 Erros =  55% de Acerto